If I need to list The Ghosts of  National Radio, from the thirties of the last century, you’ll could build a building just for them. Good. Today is All Souls (Finados) and I never went to visit the tomb of my father, mother, grandmother, uncle, brother, colleague, acquaintance, friend and enemy. And in my case, everything is already set. On the appointed day for the uncertain, I do not want cry or sailing, or wake, or shit. Send me imediately to incinerator and goes by with the ashes.

Se a gente fosse enumerar Os Fantasmas da Rádio Nacional, desde a década de trinta,  no século passado,  dava para construir um prédio só para eles.

Bom.

Hoje é Finados, nunca fui desta história de visitar túmulo de pai, mãe, avó, tio, irmão, colega, conhecido, amigo e inimigo.

E no meu caso, já está tudo acertado.

No dia aprazado pelo incerto, não quero choro nem vela, nem velório, nem porra nenhuma. Manda logo pro incinerador e some com as cinzas.

Mesmo assim, fica aqui a homenagem especial a todos os funcionários da Rádio Nacional que se foram para outras bandas.

A lista seria enorme.

Então, que continuem o que estão fazendo, mesmo que nada.

Ressurecturis - photo by Mamcasz

Aos que hão de ressuscitar ...

Ressurecturis.

Era assim que estava escrito na porta do cemitério no seminário dos capuchinhos onde estudei, no interior do Paraná.

Aos que hão de ressuscitar.

Pelo sim, pelo não, abaixo os que se foram mas ficaram as placas:

finados faustofinados gilvanfinados octavio bonfimfinados chicao

Quer dizer.

Agora, meus amigos, pode tudo.

Até fumar.

Abss para:

Jonas,Chicão, Jardim, Heleninha, Nonato, Fausto, Bonfim, Nonato, Gaierski, Osman, William, Silva Diniz… 

É só o começo da lista.

Para mais informações, visite o Ofertório deste blog:

https://mamcasz.wordpress.com/fim

Anúncios