Na entrequadra 212/213 Sul de Brasília existia um bosque com gramado, árvores, crianças e cachorros.

 Só restam esses  últimos.

Agora acompanhados de uma novidade ecológica: muito cascalho-brita-pedregulhos no caminho.

Não são fáceis os caminhos do Senhor.

Foram plantados, e aí que dói,  por uma comunidade cristã-evangélica nos fundos do prédio que se diz Catedral da Fé.

Na mobilização do moradores locais contra os infiéis invasores, a constatação, há tempos não-remotos:

O secretário do Meio Ambiente era um dos pastores-chefes da dita Igreja Evangélica.

Sou mais os tempos da Idade Média em que esses ditos fiéis  queimavam as árvores mas para fazer fogueiras donde calcinar pessoa infiel que, por exemplo,  fosse a favor do aborto, desculpe, a favor da vida.

  

Anúncios