Outro assunto importante a ser decidido nesta, esperamos, interminável sessão, diz respeito aos procedimentos vingatícios que tomaremos caso o frei Vanildo (ler  Evangelho 26) não volte a ocupar o mesmo espaço deste agora encardido calabouço para oficiar as velhas missas ao vivo pelas ondas potentes, embora curtas, da Rádio Nacional da Amazônia, nos abrindo o espírito dos tradicionais horários matutinos de todos os domingos, prerrogativa católica conseguida durante o Estado Novo.
                              
0019

Poema de Cora Coralina. Edição de Eduardo Mamcasz.

                        A Comissão dos Funcionários Informa:
                      Exigimos  aumento do espaço destinado, durante a missa, ao momento da oração pelos defuntos, ou seja, nós mesmos constantes desta pós-ata, e também que o encontro seja alterado para ecumênico, com a participação  de uma ou mais mãe-de-santo, de terreiro guarnecida, uma vez que estamos mais necessitados do etéreo do que a  carne, que se revelou totalmente inconsistente diante dos vermes e, por isso, desnecessária e desmembrável do passado e do porvir.