Jorge Luís, o artesão das flautas, cego desde a nascença, batalhador do rádio AM, mandou um email para os produtores da Rádio Nacional.

Repasso aqui, antes lembrando uma frase desse mano:

“A cegueira me fez desenvolver a sensibilidade. Sou capaz de “ver” a sinceridade de uma pessoa apenas pela voz”.

 Entendeu agora porque o rádio é tão importante para ele e para muita gente?

 Vamos ao recado:

Caro Amigo (a)

 É bem patente que os avanços tecnológicos vem se expandindo de forma exorbitante por conta desses incrementos como televisor, câmera, filmadora, GPS, rádio FM, enfim, um computador em suas mãos. Os empresários idealizadores dessa grande evolução tecnológica cometem um verdadeiro acinte com o Marcone ou outros inventores e, pior ainda, com milhões e milhões de rádiouvintes espalhados pelo mundo inteiro quando excluem o nosso querido e inesquecível rádio AM. Não podemos deixar que a inércia possa fortalecer os lobistas e empresários deste ramo.

Jorge Luíz, o artesão das notas.

Anúncios