01primomaiomarxok

Hallo. Ainda vivo e direto aqui de Berlim, a capital da ex-Germânia do Milênio. Dia do Trabalho. Ou seria do Trabalhador? De São José Operário, o marceneiro pai adotivo do J.Cristo, gerado no ventre da Maria, refugiados no Egito. Data nascida no seio do Capitalismo – Chicago, USA,1886 – quando 500 mil trabalhadores unidos (…) fizeram uma baita passeata. Resultado. A Polizei ianque matou 10 mil deles. A luta continua!!!

Primeiro de Maio. Feriado desde 1919, na França, e 1920, na Rússia. Mas acontece que ainda estou vivo, aqui em Berlim, neste Primeiro de Maio tenso porque todo mundo está preparado para uma Noite Violenta (não digo a dos Cristais – judeus – ou a dos Longos Punhais – extermínio da SA pela SS). Trata-se da anunciada violenta manifestação da Extrema Esquerda da Alemanha, de um lado, e a Polizei de prontidão total, do outro.

SONY DSC

Pois vamos aos fatos explicatórios porque os fatos de fato rolam logo mais à noite, a partir das 18 horas, no último reduto da companheirada que invadia prédios em Berlim, desde a queda do Muro, e foi sendo “gentrificada”. Falo do bairro Friedrichstain. Era o lado largado dos tempos do Comunnismo. Separado, pelo rio eletrificado, de Kreuzberg, o lado largado da Alemanha Capitalista, na parte dominada pelo USA.

Pois comece a prestar mais atenção. Aqui em Berlim, todo Primeiro de Maio, acabada a festa popular, em Freuzberg começa a luta livre entre neonazista da parte norte, Pancow, que descia para atacar os turcos e os hippies locais. O pau comia brabo mas com o tempo a coisa foi virando mais folclórica. Tanto que a Extrema Esquerda, neste ano de 2019, deu um basta aos agora “burgueses de merda”, dizem eles hojre. E daí?

03primodai

Daí, já noutro parágrafo, quem escreve sou eu, mudo quando quiser, aqui em Berlim, neste Primeiro de Maio, o pau vai quebrar, na certeza, nesta noite, cinco horas adiantado em relação ao de Brasília, começando pelo cartaz colado em tudo que é poste de uma parte da cidade “não mais pobre mas ainda sexy” e traduzo a meu modo o escrito no cartaz de convocação da “massa”:

“ A LUTA CONTINUA! O POVO UNIDO, CONTRA A BURGUESIA, JAMAIS SERÁ VENCIDO!!! ”

“ ZUSAMMEN KAMPFEN! GEGEN DIE STADT DER RICHEN!!! HEIL!”

primomaio0ok

Pois vamos à pré-Longa Noite deste Primeiro de Maio, aqui em Berlim. A Polizei diz que tomou as devidas previdências ainda que, digo eu, ela costume mais apanhar do que bater, talvez por problemas históricos de consciência pesada, sei lá. Primeiro sinal. Inventou uns longos tubos de plástico cheios de água pesada para fechar ruas e o “povo umido” está furando todos e brincando de chuveiro. Maior desmoralização. Mas nesta noite, como vai ser?

Não é fácil o antever esta Longa Noite de Primeiro de Maio aqui em Berlim, tanto que eu podia deixar este escrito para amanhã (02-Mai-19). O comércio, no bairro de Friedrichstain, fechou as portas, mais ainda, colocou tapumes, seriam eles barricadas de defesa? A Polizei, por seu lado, tem 2 mil policiais separados só para este lance. E outros 1.600 no vizinho agora burguês Kreuzberg. No total, são 6 mil para a cidade, com reforço de toda a Alemanha.

5primomaiodois

Agora, o mais interessante é que a Polizei Germânica, na moleza atual, não deu permissão para a prometida violenta manifestação da Extrema Esquerda aqui em Berlim. Esta obrigação foi seguida por outras 15 manifestações. Mas daí a Polizei foi à Justiça para proibir. Não conseguiu. Os juízes tiraram o da reta. E o melhor foi a resposta dos desorganizadores desta PASSEATA REVOLUCINÁRIA DE PRIMEIRO DE MAIO EM BERLIM:

“ O povo unido não tem que pedir permissão para se manifestar na cidade onde ele é o dono.”

Ah. Tem mais uma preocupação da Polizei nesta noite de Primeiro de Maio aqui em Berlim. Tem ainda dita Esquerda Satírica. Isto mesmo. Esta, promete uma passeata no elegante bairro de Grunewald, abrigo de belas mansões desde os tempos quase eternos. É a luta do povo falso pobre contra o povo mais do que rico. Pelo sim, pelo não, só para este pedaço, a Polizei separou 900 elementos devidamente armados. Menos do que lá na Rua Rigaer.

Então, é esperar para ver. De um lado, a Polizei diz que chega com as duas mãos estendidas – uma para cumprientar e a outra para que mesmo, ora, para bater. E do outro lado, da Extrema Esquerda do Primeiro de Maio Revolucionário de Berlim, tudo é possível, desde as famosas bombas molotov até as pedras das construções dos prédios ocupados pelos alternativos socialistas e agora ocupados pelos capitalistas-burgueses-usadores da massa sofrida. Heill Kapitalist!!!

06primocapitalista

Inté e Axé.

Fui.

Adondi?

Segredo.

Será?

Tschuss…

1 –

https://www.facebook.com/memories/?source=promotion_feed_story&story_id=805792702850359

2 –

https://mamcasz.com/2012/05/01/may-day-may-day-em-berlim-meu/

3-

https://www.theguardian.com/world/2019/apr/30/berlin-police-braced-for-violent-may-day-protests

4 –

https://mamcasz.com/2012/05/07/the-last-hippie-neighborhood-of-berlin/

 

 

 

 

Anúncios