Paris



Diário Pandemônico – Berlim Ano Zero.

Como dizíamos nós velhos jornalistas: ainda está com o cheiro da gráfica. Acabamos de publicar – Eduardo Mamcasz & Cleide de Oliveira mais conhecidos aqui como Polaco & Madame, a dupla de risco.

Eis o relato, ainda no calor da batalha, dos 90 dias de confinamento, desde março deste Ano do Rato, 2020, em Berlim, a capital da Alemanha.

São 241 páginas, 55.638 palavras ou 325.426 letras. Tudo disponível no site do Clube dos Autores nas versões e-book ou impresso, este sob encomenda.

Mais uma coisa. As vinte primeiras páginas podem ser lidas como aostra grátis, tira-gosto, como se diz no botequim, mesmo que online. Boa leitura.

https://clubedeautores.com.br/livro/diario-pandemonico


Madame, a mais bonita desta Quarentena.

MADAME 03

Aqui, Berlim. Décimo quinto dia desde a mais nova chegada. Em princípio, fim da Quarentena. Melhor sinal no sentido de que não houve contágio no trajeto Brasília – Berlim, com troca de avião em Lisboa. Aí, no zizgue-zague da alfândega e polícia de fronteira, uma mistura assustante e amontoada de vôos africanos e latinos. Enfim, tem ainda o susto natural das dez horas fechadas num avião cada vez mais apertado e cheio de gente desconhecida. Mais as quase quatro horas no trajeto Lisboa-Berlim.

Mas a melhor sensação deste final positivo, desculpe, negativo olhando o teste da Praga da China, além da pacífica sensação de não termos sido apanhados nesta pandemônica e virótica guerra bacteriológica em andamento mundial, tem a ver com a sensação da coincidência melhor, que é o aniversário, neste 26 de março, da eterna Madame, companheira convivente desde 1980, compartilhando inúmeras viagens e sensações tipo, por exemplo, a proximidade no estouro nuclear de Chernobil.

MADAME 01

Madame de aniversário merece parabéns mais do que apaixonado por parte deste polaco eterno dela seguidor de perto, muito mais perto do que o recomendado, atualmente, de um metro e meio de distância. No caso nosso, pessoal, nem pensar, desculpem-nos os cientistas analistas pandemônicos. Parabéns, Madame, pessoa que me coloca sempre em situação de risco, ainda bem, e por isso longe do comodismo.

Parabéns, Madame. Beijos na boca, tá? Claro que pode. Até mais. Este risco é cisco. Insisto. Nunca desisto. Pelo contrário. Invisto. Inclusive, arrisco:

– Parabéns, minha quarentona!!!

MADAME 02


embaixada 5

Brasileiro no estrangeiro em tempos de coronavirus. Será que vai ter o mesmo tratamento daqueles levados de volta desde a China em avião presidencial da nossa Fabinha? Pois então, vamu lá.

Na primeira situação de risco, cá na Europa, este polaco e a madame, foi na explosão da usina nuclear então soviética de Chernobyl. A gente estava a uns 100 km do local. Agora, outra situação de risco, ainda que, voltando, no Brasil a situação não difere de cá.

Com visto de permanência até junho, residência garantida até lá, além da promessa de seguro viagem de que, excepcionalmente, atenderá neste caso pandemônico, a escolha nossa foi a de não regressar no momento, mesmo com a ameaça de fechamento. E daí?

Daí que em sendo brasileiros, temos a proteção de nossos funcionários itamaratecos, através do que aqui se chama BRASILIEN BOTSCHAFF. Será mesmo? Então, vejamos:

Comunicado da Embaixada do Brasil na Alemanha:

A Embaixada do Brasil em Berlim faz saber aos interessados, por meio da Comissão de Seleção designada pelo Embaixador (Nota do autor: na verdade é uma mulher, então, Embaixadora) do Brasil, que realizará processo seletivo para a contratação de 1 (um/a) Copeiro/a-Arrumador/a para Residência. Os interessados deverão remeter documentação, por via postal registrada, até o dia 20 de março de 2020.

embaixada 2

Ops. Desculpe é o cacete. Isto está sim na página coronática-pandemônica da Embaixada do Brasil aqui em Berlim. Na verdade, o anúncio valendo a partir desta quarta-feira, 18 de março de 2020, é o seguinte, preste atenção seu brasuka:

Em atenção às medidas de prevenção ao contágio pelo COVID19, o Setor Consular da Embaixada em Berlim, a partir do dia 18 de março corrente, quarta-feira, limitará o atendimento presencial apenas aos casos de comprovadas emergência e necessidade, que serão avaliados caso a caso e agendados com antecedência.”

Pois na parte resignada aos comentários tupínicos, cito o abaixo, embora não colocando o nome do patrício aflito aqui na Alemanha que não pode entrar na Embaixada do Brasil a não ser virtualmente. Diz ele:

Estamos tentando agendar online no Ausländerbehörde de Berlin para pedir o Visto de Estudante. Site diz que o agendamento está indisponível desde 28/02. E pessoalmente não aceitam, por causa do coronavírus. O que fazer? “

embaixada 1

Pelo sim, pelo não, a Embaixada do Brasil na vizinha Áustria que, nos tempos do Adolfo fazia parte da Germânia, colocou o seguinte alerta na página online:

Recomenda-se aos brasileiros de passagem pelo território austríaco que avaliem antecipar o retorno ao Brasil, a fim de evitarem ficar bloqueados em caso de novas restrições.”

Se acontecer alguma coisa com brasileiro aqui na Europa e precisar do ofício da Pátria Amada, as embaixadas ainda completam nos avisos quase fúnebres:

Tendo em vista a necessidade de adequação da Embaixada do Brasil em Viena para proteger a saúde dos consulentes e dos funcionários, informamos que a partir de segunda-feira, 16 de março, o Setor Consular funcionará exclusivamente em regime de plantão. O atendimento ao público será feito por telefone ou e-mail.”

E completo. Sem choro nem vela. Inté e Axé. E seja o que Alá-Jeová-God quiserem. Amém, uai.

embaixada

http://berlim.itamaraty.gov.br/pt-br/News.xml

https://mamcasz.com/2019/04/17/embaixada-do-brasil-em-berlim-e-atacada/


       Deixe de ser idiota! Coronavirus. Corona. Virus. Terceira Guerra Mundial. Economia. Pare de pensar que todo chinês está contaminando. Só porque ele está usando a ridícula máscara que não protege porra nenhuma.

           Falar nisso… e os brasileiros na China que não podem voltar para o Brasil, hein? Onde está a nossa FABinha? Coronavirus. Cuspida para cima. Caiu de volta, mané. Fui. Beber uma Corona. Até porque a Belzontina…

CORONAVIRUSOK

     別當白痴了 冠狀病毒。 第三次世界大戰已經開始。 不要以為每個中國人都會污染。 只是因為您戴著的是可笑的面具,卻沒有保護您。

     談到哪個……以及在中國的巴西人誰不能回去,是吧? 我們的FABinha在哪裡? 冠狀病毒。 吐 ell回去,bit子。 我進去了。喝電暈。 即使因為貝爾佐蒂納(Belzontina)…

            Stop being an idiot. Coronavirus. World War III has begun. Stop thinking that every Chinese is contaminating. Just because you’re wearing the ridiculous mask that doesn’t fucking protect you.

          Speaking of which … and the Brazilians in China who can’t go back, huh? Where’s our FABinha? Coronavirus. Spit up. Fell back, bitch. I went in. Drinking a Corona. Even because Belzontina …

         Biédāng báichīle guānzhuàng bìngdú. Dì sān cì shìjiè dàzhàn yǐjīng kāishǐ. Bùyào yǐwéi měi gè zhōngguó rén dūhuì wūrǎn. Zhǐshì yīnwèi nín dàizhe de shì kěxiào de miànjù, què méiyǒu bǎohù nín.

       Tán dào nǎge……yǐjí zài zhōngguó de bāxī rén shuí bùnéng huíqù, shì ba? Wǒmen de FABinha zài nǎlǐ? Guānzhuàng bìngdú. Tǔ ell huíqù,bit zi. Wǒ jìnqùle. Hē diàn yūn. Jíshǐ yīnwèi bèi’ěr zuǒ dì nà (Belzontina)…

CORONAVIRUSOK


happy 2020 ok


12 months-12 signs-12 apostles-12 tribes of Israel

2020 abertura ok (3)

1th
Give me a miracle:
Multiplication of the …
Word!
(January – Apostle Andrew – Tribe of Ruben)
Dai-me um milagre:
Multiplicação da…
Palavra!
(Janeiro – Apóstolo André – Tribo de Rubens)
2th
Give me a return:
Bird in the rainbow…
Planted!
(February – Apostle Bartholomew – Tribe of Simeon)
Dai-me um retorno:
Pássaro no arco-íris…
Plantado!
(Fevereiro – Apóstolo Bartolomeu – Tribo de Simeão)

002 ovo 20203th

Give me a forest:

Flower in the crevice of my…

Forehead!

(March – Apostle James Alphaeus – Tribe of Levi)

Dai-me uma floresta:

Flor na fresta de minha…

Testa!

(Março – Apóstolo Tiago Alfeu – Tribo de Levi)

4th

Give me a power:

Remove as many fools…

Dreams!

(April – Apostle James Zebedee – Tribe of Judah)

Dai-me um poder:

Remover tantos bobos…

Sonhos!

(Abril – Apóstolo Tiago Zebedeu – Tribo de Judá)

004 arvore metade 2020 okok

5th

Give me a woman:

In the immense hunger of…

Love!

(May – Apostle John – Tribe of Dan)

Dai-me uma mulher:

Na imensa fome de…

Amor!

(Maio – Apóstolo João – Tribo de Dã)

6th

Give me a dessert:

Fed up on the table and…

Bed!

(June – Apostle Judas non-Iscariot – Tribe of Naphtali)

Dai-me uma sobremesa:

Farta na mesa e na…

Cama!

(Junho – Apóstolo Judas não-Iscariotes – Tribo de Naftali)

005 eus 2020 ok

7th

Give me a new life:

Without being holy or sweating…

Fear!

(July – Apostle Matthias in place of Judas – Tribe of Gade)

Dai-me uma nova vida:

Sem ser santo nem suar de…

Medo!

(Julho – Apóstolo Matias no lugar do Judas – Tribo de Gade)

8th

Give me some ingenuity:

Understand only half of the…

Bye!

(August – Apostle Matthew – Tribe of Aser)

Dai-me uma ingenuidade:

Entender só a metade do…

Adeus!

(Agosto – Apóstolo Mateus – Tribo de Aser)

9th

Give me a fly:

Until you reach infinity so…

Right!

(September – Apostle Philip – Tribe of Issacar)

Dai-me um voar:

Até chegar ao infinito tão…

Certo!

(Setembro – Apóstolo Felipe – Tribo de Issacar)

10th
Give me an enemy:
Placing with you the…
 Friend!
(October – Apostle Peter – Tribe of Zebulan)
Dai-me um inimigo:
Tramando consigo contigo o…
Amigo!
(Outubro – Apóstolo Pedro – Tribo de Zebulan)

003 balao 2020okok.jpg

11th

Give me the sail:Well salted peljo loving you in the…

Sea!

(November – Apostle Simon – Tof Joseph)

Dai-me o velejo:
Pelejo bem salgado o amar no…
Mar!

(Novembro – Apóstolo Simão – Tribo de José)

12th

Give me a bibelô:

In the rough smoke and…

Independent!

(December – Apostle Thomas – Tribe of Benjamin)

Dai-me um bibelô:

Na fumaça agreste e…

Independente!

(Dezembro – Apóstolo Tomé – Tribo de Benjamim)

007 canada 2020 ok

Ah. Bom Natal!

Inté a Axé!

 


Aqui Berlim. Direto da Alemanha, o grande vitorioso derrotado em Guerra Mundial da qual o Brasil sempre participa mas a prosa é sobre as 25 Forças Armadas consideradas as mais “fortes” hoje no Planeta Terra.

O estudo foi divulgado pelo site fribbla.de em que detalha o que é levado em conta, aqui devidamente traduzido para o nosso linguajar tupínico:

A tecnologia utilizada , os gastos com armamento e, por último mas não menos importante, as táticas de combate interno podem ser uma característica decisiva.”

emfa5muro

A listona

Surpreendem a Alemanha, com o considerado oitavo exército do mundo, junto com o Japão, no sétimo lugar, por isso chamados de os “grandes derrotados vencedores”.

Na ponta de cima da destruição, com cada um ainda tendo mais de 7 mil armas nucleares, lógico que estão a Rússia, em segundo, e os Estados Unidos, em primeiro lugar isolado.

Indecoroso é o índice militárico ianque, os Estados Unidos da America da Morte, com gastos indescritíveis de U$581 bilhões por ano em armas (a Rússia gasta U$94 bilhões e o nosso Brasil, U$27 bilhões anuais).

Outros números da Morte Ianque: 7,300 ogivas nucleares, 13 mil aviões de guerra, 9 mil tanques, 500 navios etc e tal.

emfa5bandeira

Os latrinos

Na lista dos 25 exércitos considerados mais “fortes” do mundo estão Peru (25), Argentina (20), México (19) and nosso Brazil, é, no lugar de número 12.

No nosso caso, o estudo aponta os 335 mil militares da ativa , 50 aviões de caça, apenas um porta-aviões, cinco submarinos além dos 600 tanques de batalha. Sobre isso, o estudo divulgado pela Fribbla ultrapassa a ironia pesada ao comentar que a maioria desses tanques do Exército Brasileiro são “obsoletos”.

Sobre o gasto do Brasil com as Forças Armadas, na base dos 27 mill milhões de dólares por ano, a sentença é terrível:

– SERIA MELHOR GASTAR ISTO TUDO COM CAIPIRINHA!!

emfa88

(Manchete na primeira página do Jornal do Brasil em 1988. Ministro-Chefe do Estado Maior das Forças Armadas, brigadeiro Paulo Camarinha, dá entrevista ao presidente interino da Empresa Brasileira de Notícias – EBN – Eduardo Mamcasz. Photo by Sergio Marques).

Para ler a matéria completa clique no abaixo:

https://fribbla.de/insiders/diese-25-laender-haben-die-staerksten-armeen-der-welt/

Então, tá.

Inté e Axé.


#Diabo #Satã #Shaitaim #Lucifer #Malahin #Exu

Depois da Série Berlim-Brasília, passemos à Era Perene.

        Adendo: uso maiúscula quando e onde quiser, tá?

   Então, Heil Diabo, Diavolo, Demônio, Satán, Shaitaim, Satanás, Lucifer, Mara, Malah, Malahín, Exu, independente do Credo.

     Todos são, diz Joseph Campbell, em “As Máscaras de Deus”, o Alter-Ego do dito Supremo Alá-Jeová- Gautama-Buda-Olumudaré.

 

FOTO 3 (2).jpg

Pois comecemos esta nova Série – Em Nome do Diabo – com cinco citações que voltam à tona neste seriado por conta de tua companhia:

         1 – “ Satanás, o Sedutor deste Mundo, foi mandado aqui para a nossa Terra, e, com Ele, os Seus Anjos” (Apocalipse 12:7-9, Velho Testamento, vale tanto para judeus quanto muçulmanos ou ditos cristãos).

        2 – “Não conseguimos atingir o estado de bem-estar enquanto houver dentro de nós tantos Demônios no lugar de Um Só(Franz Kafka, Diário, 1912).

       3 – “O Diabo é imortal, Ele nada na Correnteza do Tempo, aliás, o Tempo começou com o Diabo” (A História do Diabo, Vilém Flusse, 1965, edição Universidade de Coimbra, AnnaBlume, 2012).

       4 – “Só me dou por satisfeito quando dormir com Deus e o Diabo na mesma Cama” (Eu Trovão, Edição Semin, 1978, Brasília, de minha autoria).

        Aguardo a tua companhia no próximo ato deste “Em Nome do Diabo”, uma série voltada ao Anjo Portador da Luz (Lucifer), o representante do Supremo, nesta partícula Terra, para consubstanciar a Obra do Criador a partir de um punhado de poeira unida pelo Cuspe Divino.

    Antes de voltarmos, na próxima encruzilhada, vai ser interessante, prometo, fiquemos com o cantado pelos Rolling Stones na música “Sympathy for Devil”:

Prazer em conhecê-Lo, Demônio.

Bem sabes que  conheço Seu nome

Mas o que está me confundindo

É a Natureza do Seu Jogo Diabólico.”

Então, tá.

Inté e Axé.

FOTO 5 (2)

Próximos:

002 – O Diabo na Mente Muçulmana.

003 – O Diabo na Alma Judia.

004 – O Diabo no Credo Cristão.

005 – O Diabo no Candomblé.

006 – O Diabo no Mundo Zen.

007 – …


 

From – ab Berlin- to Brasília. Yah. Yes. É. Ok. E daí? Daí que tô aqui, Ok. Tá.  Tô…

– Aqui, adondi, mein polacaquinho baiano?

– Aqui……….

– Pois entonce. De passage por Brasília. I love you, babe.

001 – Primo. Tenho meu cartão alimentação clonado e zerado.

002 – Secundo. No caminho, 71, saúde, o cara dita:

– Passa tudo, véi.

– Tudo o quê?

– Tudo ou nada.

003 – Terço.  Tô na Brasília. Braziu. Quero Berlim.

– Passe o terço.

– Sou ateu.

– Me passe a Madame!

– Jamais!!!

004- Quarto. Me omisio. Disfarço a arma. Desfarço das balas. De hortelã.

005- Resultado. Cá é Brasíia. Brasil. Madame  no Cafofo ordena!!!

– Mein Polaquinho!!!!!!!!!!

– Quié, Mein Dame?

– Limpe tudo.

– Aqui na Brasília?

– Ya. Ya.Ya.

– E na Berlim?

– Lá, na Berlim, mein polaquinho, tu vais cuidar de mim.

– E aqui na Brasília?

– Que tem? Quédi tuas amigas e teus amigos?

– Sei lá. Limpe-me todo.

– Ya.

– Já!!!

– Ya….


Da Série “Poema de Vagar”.

tim lopes by mamcasz

Acordo na madruga com o mano Tim Lopes só sussurrando – difere de só urrando – na beira desta minha polônica orelha. Sou todo ouvido. Não duvido. Sim, divido:

– Polaquinho!!! Só quem brinca com as palavras sabe a graça que elas têm. Cadê o brinco?

Pois então. Acordo no ato. Pulo nos trinques. Olvido o ouvido. No memo, o termo do tempo da Poesia Marginal. Nem Berlim, nem Brasília. Rio da “sêde” matada nas paredes de Santa. “Séde” do Clube do Ócio. Nada de Nado no Ódio. Obrigado. Por tudo, com tudo, contudo, contínuo, “continúo”.

. . .

– Dá-lhe, polaquinho maluquinho do coquinho soltinho!

– Por que não te calas, Tim?

– Qualé?

– Qual é!

– “Uma cadeira vazia no bar…

– Que tem?

– um vazio na gente”!

. . .

Desjejuo lerdo, lento abro meu livro de cabeceira . “A Chama”, do maximorum Leonard Cohen, edição portuga “Relógio D’Água”, página 139, aberto ao acaso, xô ocaso, no poema “DEVAGAR”:

“ Chego quando chegar / Sem sinal de partida” .

. . .

Contínuo, continúo, consoante o acordado. Sou mais a vogal. Do “ah…” ao teu “uh…”.

– Qualé, polaquinho?

– Qual é! No meio tem o i.

– No meio do quê?

– Das cinco vogais sem as quais, mano Tim, nunca irias “brincar com as palavras”.

– O microfone é todo teu. Use-o na vontade.

– Pois sinta.

– Não tô sentido nada.

. . .

Repita comigo. Repila se tiveres peito. Peido no acento. Assento. Senta! Sente? Sinta! :

– Á. É. Í. Ó. Ú.

Outra vez, até adentrar no Ú.

– A. E. I. O. U.

– Qualé, polaquinho?

– Uso isso sempre nos papos poéticos nas escolas de crianças e sempre dá, certo, Tim?

– Falai!

– Falo.

– O meu.

– O teu.

– O nosso pão de cada dia. Te dou hoje…

– E no meio tem o quê?

– O “i”.

– E daí?

– Por que não te calas, Tim?

A. E. I. O. U.

No meio tem o i. Em cima dele tem o que?

– Dele quem?

– Do “i”. Id. Nem Ying nem Yang. O Id. O terceiro ângulo do triângulo. Mata o Mono. Afasta o Duo. Sobrevive o Trio.

– Um é bom, dois é pouco, três … é demais!

– Cala-te, Tim. Este não é o teu estilo. A não ser agora, no eterno etéreo.

– Desculpe, polaquinho. O microfone continua na sua…

– Mão.

A. E. I. O. U.

No meio, tem o i. Em cima dele, o ponto. Sem ele, seria o Nada. Ato contínuo, continúo:

Agora, sem o ponto, pegue o I e estique dos dois lados, cada qual até o Infinito. Direita e/ou Esquerda nas tuas mães mãos.

– Vou dar linha à pipa porque o vento está a favor, polaquinho.

– Fique mais um pouco, Ngrnh d Pstr.

– Cadê as vogais?

– O polaco comeu.

– E o que faço com o ponto que estava em cima do i agora que só estou com a linha nas minhas mãos?

– Nada!

– Mas não tem água.

– Estou no ar.

– Com o quê?

– O pingo do i.

– Cadê?

– Soprei. Só ficou a linha.

– Do trem?

– Então, polaquinho, dê linha linha à pipa …

– Que o vento está a favor.

– E o i?

– Está na tua mão.

– E o ponto?

– Assoprei.

– Não faz isso, polaquinho.

– Isso o que, Tim?

– Não desperdice. Atice. Aspire.

– O que?

– Isto aí.

– Agora, expire.

– O que?

– A fumaça do ponto em cima do i.

– Pronto.

– Respire. Fundo. Mundo, mundo. Vasto…

– Cadê as vogais? Não tô sentindo nada, Tm Lps.

– Passe o microfone, plqnh.

Ah. Alembrei do porquê acordo longe do Face nesta manhã aqui em Berlim-Brasilia-Rio-Bahia. Por causa deste poema nós quase parados na encruzilhada da linha do trem da devida Vida quase Ida. Ouça-me!!!

– Pare! Olhe! Ouça! Passe no passo. Anta, anda. Ande!

– Onde?

– Por aí. Ali. Ouça Alá. Volta Acá. Solte-se Acolá. Ali. Vá!

– Fui, polaquinho. Segura a onda, mano.

– Veja, mano Tim. . De tão “véia”, não vejo mais minha “vêia”. Nem pra remédio. Tô…

– Onde?

– Aqui.

– E daí?

– Daí que não vou.

– Aonde?

– Sei lá. Minha era já era mas continúo, contínuo, aqui.

– E Madame, polaquinho, não te mudou?

– Sim. Vida conjunta. Não só a conta. Afinal, juntamos a junta até o quase nó.

– Entendi.

– O que?

– Nada. Mudou nada, polaquinho. Inté!

– E você, Tim, mudaste? Axé!

This is the End.

Antes que me acabe.

Tá?

Tô!

Aqui.

Fico.


MIGRANTE01OK

Fato 1. A Extrema Direita está presente, devidamente eleita, em 24 dos 27 Congressos europeus.

Fato 2. A tendência é aumentar a participação no Parlamento Europeu, nas eleições de maio (2019).

Fato 3. Agora, dê uma olhada na volta da Extrema Direita na Alemanha que um dia foi, sim, bem Nazista.

Pelos cartazes colados pelas ruas da capital, Berlim, mais no lado suburbano ex-comunista, o AfD, o partidão direitão aponta o rumo em direção a Bruxelas, sede do Parlamento Comum da Comunidade Européia. Pior ainda é conhecer o que disseram os líderes na Convenção do AfD, acontecida no começo desde maio (2019). No lugar dos judeus, na fase Nazista, agora vai sobrar para os Migrantes. Vamos lá.

MIGRANTE02AOK

Edição do jornal Berliner Morgenpost. Na convenção da AfD na prefeitura de Zehlendorf (Berlim), o líder do partido, Georg Pazderski, vociferou que a imigração de refugiados (na Alemanha) é “a questão candente do nosso tempo”. E completou: “Não podemos ser fracos com os imigrantes. Eles precisam ser tratados com mais dureza.” http://www.morgenpost.de

MIGRANTE03OK

Georg Pazderski, líder do Partidão de Direita da Alemanha, ainda avisou os milhões de imigrantes, principalmente os que dominam Berlim, que “tem mais é que acabar com o mito de cidade em crescimento feliz. O Senado (Esquerda) quer convencer o povo de Berlim que o crescimento populacional é uma bênção”.

Ou seja. É bom que os migrantes na Alemanha fiquem de olhos abertos, inclusive no maléfico sentido histórico. O líder alemão direitaço atual culpa os imigrantes, entre outras coisas, do seguinte: esfaqueamento, assaltos, transportes públicos superlotados, falta de habitação, supermercados agora vigiados, e outras coisas.

MIGRANTE03BOK

Agora – atenção migrantes na Alemanha – vamos ao jornal Berliner Kurier. http://www.berliner-kurier.de Pesquisas apontam que o Partido de Direita da Alemanha, o AfD, tem mais de 10% de chances de votos nas eleições para o Parlamento Europeu, marcadas para o final deste maio (2019).

Este fenômeno só pode ser explicado pelo fato de que os defensores da AfD se tornaram uma sociedade paralela.”

MIGRANTE03AOK

Outro jornal alemão que serve de alerta para os milhões de imigrantes. Berliner Zeitung. http://www.berliner-zeitung.de Outra vez o direitão Pazderski:

“Quem quer fazer algo credível para esta cidade, deve parar esta imigração descontrolada vinda do Terceiro Mundo.”

De acordo com o Statistisches Landesamt, 20% dos quatro milhões de berlinenses não têm cidadania alemã.  Pessoas que vêm para a Alemanha por razões puramente econômicas, não têm chance de reconhecimento como um requerente de asilo.

MIGRANTE04OK

Para terminar, vamos ao http://www.dw.de É o órgão oficial de comunicação do Governo da Alemanha.

Portugal, Irlanda, Luxemburgo e Malta permanecem como únicos quatro países da União Europeia (UE) ainda imunes à Extrema Direita. Esta tem agora como meta o Parlamento Europeu, cuja renovação será decidida nas eleições de 23 a 26 de maio.”

Na sequência, o DW aponta as causas para o ressurgimento da Extrema Direita na Alemanha, para medo dos imigrantes, legais ou não:

A combinação de crise econômica e migratória, descrédito na política e desconfiança das instituições tem contribuído para o ressurgimento da direita radical e populista no Velho Continente. Inclusive na Alemanha, que passou a ter uma bancada de extrema direita no Bundestag nas eleições de 2017, pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial.”

Finalmente, a ameaça maior está no fato, lembrado pelo DW:

Sozinha ou em coalizão, a Extrema Direita ou a Direita Tradicional, com tendências xenófobas e populistas, conseguiu chegar ao poder em nove países da UE.”

MIGRANTE02OK

Então, tá.

Inté e Axé.

Tschuss.


01primomaiomarxok

Hallo. Ainda vivo e direto aqui de Berlim, a capital da ex-Germânia do Milênio. Dia do Trabalho. Ou seria do Trabalhador? De São José Operário, o marceneiro pai adotivo do J.Cristo, gerado no ventre da Maria, refugiados no Egito. Data nascida no seio do Capitalismo – Chicago, USA,1886 – quando 500 mil trabalhadores unidos (…) fizeram uma baita passeata. Resultado. A Polizei ianque matou 10 mil deles. A luta continua!!!

Primeiro de Maio. Feriado desde 1919, na França, e 1920, na Rússia. Mas acontece que ainda estou vivo, aqui em Berlim, neste Primeiro de Maio tenso porque todo mundo está preparado para uma Noite Violenta (não digo a dos Cristais – judeus – ou a dos Longos Punhais – extermínio da SA pela SS). Trata-se da anunciada violenta manifestação da Extrema Esquerda da Alemanha, de um lado, e a Polizei de prontidão total, do outro.

SONY DSC

Pois vamos aos fatos explicatórios porque os fatos de fato rolam logo mais à noite, a partir das 18 horas, no último reduto da companheirada que invadia prédios em Berlim, desde a queda do Muro, e foi sendo “gentrificada”. Falo do bairro Friedrichstain. Era o lado largado dos tempos do Comunnismo. Separado, pelo rio eletrificado, de Kreuzberg, o lado largado da Alemanha Capitalista, na parte dominada pelo USA.

Pois comece a prestar mais atenção. Aqui em Berlim, todo Primeiro de Maio, acabada a festa popular, em Freuzberg começa a luta livre entre neonazista da parte norte, Pancow, que descia para atacar os turcos e os hippies locais. O pau comia brabo mas com o tempo a coisa foi virando mais folclórica. Tanto que a Extrema Esquerda, neste ano de 2019, deu um basta aos agora “burgueses de merda”, dizem eles hojre. E daí?

03primodai

Daí, já noutro parágrafo, quem escreve sou eu, mudo quando quiser, aqui em Berlim, neste Primeiro de Maio, o pau vai quebrar, na certeza, nesta noite, cinco horas adiantado em relação ao de Brasília, começando pelo cartaz colado em tudo que é poste de uma parte da cidade “não mais pobre mas ainda sexy” e traduzo a meu modo o escrito no cartaz de convocação da “massa”:

“ A LUTA CONTINUA! O POVO UNIDO, CONTRA A BURGUESIA, JAMAIS SERÁ VENCIDO!!! ”

“ ZUSAMMEN KAMPFEN! GEGEN DIE STADT DER RICHEN!!! HEIL!”

primomaio0ok

Pois vamos à pré-Longa Noite deste Primeiro de Maio, aqui em Berlim. A Polizei diz que tomou as devidas previdências ainda que, digo eu, ela costume mais apanhar do que bater, talvez por problemas históricos de consciência pesada, sei lá. Primeiro sinal. Inventou uns longos tubos de plástico cheios de água pesada para fechar ruas e o “povo umido” está furando todos e brincando de chuveiro. Maior desmoralização. Mas nesta noite, como vai ser?

Não é fácil o antever esta Longa Noite de Primeiro de Maio aqui em Berlim, tanto que eu podia deixar este escrito para amanhã (02-Mai-19). O comércio, no bairro de Friedrichstain, fechou as portas, mais ainda, colocou tapumes, seriam eles barricadas de defesa? A Polizei, por seu lado, tem 2 mil policiais separados só para este lance. E outros 1.600 no vizinho agora burguês Kreuzberg. No total, são 6 mil para a cidade, com reforço de toda a Alemanha.

5primomaiodois

Agora, o mais interessante é que a Polizei Germânica, na moleza atual, não deu permissão para a prometida violenta manifestação da Extrema Esquerda aqui em Berlim. Esta obrigação foi seguida por outras 15 manifestações. Mas daí a Polizei foi à Justiça para proibir. Não conseguiu. Os juízes tiraram o da reta. E o melhor foi a resposta dos desorganizadores desta PASSEATA REVOLUCINÁRIA DE PRIMEIRO DE MAIO EM BERLIM:

“ O povo unido não tem que pedir permissão para se manifestar na cidade onde ele é o dono.”

Ah. Tem mais uma preocupação da Polizei nesta noite de Primeiro de Maio aqui em Berlim. Tem ainda dita Esquerda Satírica. Isto mesmo. Esta, promete uma passeata no elegante bairro de Grunewald, abrigo de belas mansões desde os tempos quase eternos. É a luta do povo falso pobre contra o povo mais do que rico. Pelo sim, pelo não, só para este pedaço, a Polizei separou 900 elementos devidamente armados. Menos do que lá na Rua Rigaer.

Então, é esperar para ver. De um lado, a Polizei diz que chega com as duas mãos estendidas – uma para cumprientar e a outra para que mesmo, ora, para bater. E do outro lado, da Extrema Esquerda do Primeiro de Maio Revolucionário de Berlim, tudo é possível, desde as famosas bombas molotov até as pedras das construções dos prédios ocupados pelos alternativos socialistas e agora ocupados pelos capitalistas-burgueses-usadores da massa sofrida. Heill Kapitalist!!!

06primocapitalista

Inté e Axé.

Fui.

Adondi?

Segredo.

Será?

Tschuss…

1 –

https://www.facebook.com/memories/?source=promotion_feed_story&story_id=805792702850359

2 –

https://mamcasz.com/2012/05/01/may-day-may-day-em-berlim-meu/

3-

https://www.theguardian.com/world/2019/apr/30/berlin-police-braced-for-violent-may-day-protests

4 –

https://mamcasz.com/2012/05/07/the-last-hippie-neighborhood-of-berlin/

 

 

 

 


embaixada1ok

Na verdade, foram dois ataques, feitos por pessoas encapuzadas, na madrugada, que acabaram quebrando vários vidros e pichando, de vermelho, todo o pedaço, parcialmente policiado, a não ser pelas câmeras de sempre que, lógico, filmaram tudo, mas até hoje deu em nada.

embaixada2ok

Segundo o jornal Berliner Zeitung, o prejuízo na conta da Embaixada do Brasil na Alemanha chegam aos 100 mil euros (meio milhão de reais). De fato, até agora, além do informe de que a polícia alemã continua investigando, teve a curtíssima nota diplomática:

“A Embaixada do Brasil em Berlim foi alvo de ato de vandalismo. As autoridades policiais foram imediatamente contatadas e estão investigando o ocorrido”.

embaixada3ok

Além da pichação, em vermelho forte, pintada pelos invasores no piso externo, nas placas e principalmente nas longas vidraças do térreo, que dá ligação direta a uma praça com livre circulação, várias delas quebradas, foi deixado a seguinte ameaça:

Lutaremos contra o fascismo no Brasil”

embaixada4ok

Pois hoje, 17/04/19, passei pelo local, tranquilamente, tirei as fotos da situação, encostei nas vidraças, todas elas ainda sinalizadas com o tudo que precisa ser trocado, tão logo haja dinheiro para tanto ou a volta da segurança.

embaixada5ok

E assim está o prédio da Embaixada do Brasil em Berlim que, aliás, foi uma das poucas capitais da Europa onde o então candidato Jair Messias Bolsonaro perdeu nos votos por conta dos esquerdistas em maioria na berlinda.

embaixada6ok

A situação continua incerta, as fotos atestam.

Então, tá.

Inté e axé.

Tschuss.

https://www.dw.com/pt-br/grupo-ataca-embaixada-do-brasil-em-berlim/a-47320326


https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=2124735777622705&id=100002589112491

 


eagoraparismamcaszok

Próxima Página »