Tô me preparando para uma nova viagem.

Tô sapeando na Internet.

De repente, levo esta porrada na boca do estômago.

Ana Carolina e Seu Jorge.

Ode aos aloprados mensaleiros de todo e sempre.

Primeiro a letra, depois a foto, depois a imagem-som, tá?

Pela ordem, cumpanheirada:

Neste Brasil corrupção
Pontapé bundão
Puto saco de mau cheiro
Do Acre ao Rio de Janeiro

Neste país de manda-chuvas
Cheio de mãos e luvas
Tem sempre alguém se dando bem
De São Paulo a Belém

Eu pego meu violão de guerra
Pra responder essa sujeira

E como começo de caminho
Quero a unimultiplicidade
Onde cada homem é sozinho
A casa da humanidade
 

Não tenho nada na cabeça
A não ser o céu
Não tenho nada por sapato
A não ser o passo

Neste país de pouca renda
Senhoras costurando
Pela injustiça vão rezando
Da Bahia ao Espírito Santo

Brasília tem suas estradas
Mas eu navego é noutras águas

E como começo de caminho
Quero a unimultiplicidade
Onde cada homem é sozinho
A casa da humanidade

Para ver/ouvir/sentir/latir 

Clique abaixo

http://www.youtube.com/watch?v=jH6grXm1MG4

Anúncios