Elvis Presley meeting Richard Nixon. On Decemb...

Image via Wikipedia

Sabado, 30 abril 2011, um dia antes do papa polaco virar beato, para gozo das falsas beatas com quem convivo no trabalho.

Falamos dos tempos de Santa Teresa, no Rio, numa casa de onde, no terreno dos fundos, tudo acontecia.

Por exemplo:

Fazer psiu pro Cristo Redentor, de costas para a gente, o pinto apontando para a turma de Copacabana.

E o rabo para o lados de nos malucos.

Continua o mesmo…

Outro exemplo lembrado hoje:

Fizemos uma festa da morte de setimo dia do Elvis Presley.

Me and Mister Bob.

Eu, de barba, tocando na flauta o Hino Nacional dos Estados Unidos.

E o Robert o cantando.

Me, never, of course.

Tudo isto aconteceu hoje em Carrboto, Carolina do Norte, USA.

 TRINTA ANOS DEPOIS.

Foi o tempo que levei para conhecer a casa, no meio do bosque, com varanda e tudo, e a varanda dele.

 And family,of course, meu.

Mais uma surpresa:

Ele me mostra o original de um livreco de mimeografo (what this,my God?), com um texto meu:

Chapeuzinho vermelho (verde). 1975. Yes!!!

Nao a toa que Mister Bob aceita ser  meu tradutor oficial, para o ingles, do meu livro

POMBAL   DE   GENTE   INACABADA.

Demais… alem da conta … momentos…

Depois disso, me resta esta foto, tirada na Georgia, numa recrational area. Parecido com o Joaozinho. Me sentindo um pinto no meio do lixo, quer dizer, um pato na agua, que nem afogando o ganso.

Inte e Axe.

Anúncios