The piss and blood from the beggar in Brasilia, Brazil


     

Sabe aquele mendigo que levou porrada que deixou sangue na calçada aqui perto donde trabalho numa área nobre aqui da Ilha?

https://mamcasz.wordpress.com/2011/06/15/brazil2-se-puder-nao-volte/

E hoje estou TÃO feliz, por que?

Porque hoje de manhã eu passo pela mesma calçada onde ele levou tanta porrada, de madrugada, e olha quem eu vejo ali deitado eternamente em berço esplêndido. O próprio mendigo. De volta ao lar, não mais sem teto, tomara que não lhe caia na cabeça. E numa área nobre, cercado pela burguezia dos Colégios Militar, Marista, Sacrossantésimo Coração da Maria, EBC e tal.

 

Só não sei se estou tão ou mais feliz do que o mendigo.

É que ele acaba de dar um show, aqui na porta da TV.

Cantando rock’n’roll, man.

Longa vida ao meu mendigo.

Anúncios