In four women, one man has the disease called oniomania, which is the compulsion to buy at any price, it becomes like any other addiction and need specialized treatment and help from groups that are beginning to be formed around the Debtors Anonymous .

Em cada quatro mulheres, apenas um homem tem a doença chamada  oniomania, que é a compulsão por compra a qualquer preço, que se torna vício como qualquer outro e precisa de tratamento especializado e ajuda de grupos que começam a ser formados em torno dos Devedores Anônimos.

Listen Me. Clique abaixo:

http://snd.sc/NXn388

 In four women, one man has the disease called oniomania. It attacks the person who can only alleviate a sense of frustration if you buy something. Valley either, especially if they are not needed. And no matter if at the time the sick person has a condition or not to pay, even in installments. This disease needs to be treated like a vice. Let’s do it?

Em cada quatro mulheres, apenas um homem tem a doença chamada oniomania. Ela ataca a pessoa que só consegue aliviar um sentimento de frustração se comprar alguma coisa. Vale qualquer uma, principalmente se não estiverem precisando. E não importa se na hora a pessoa doente tem condição ou não de pagar, mesmo que parcelado. Esta doença precisa ser tratada que nem um vício.  Vamos nessa?

 …

First, the fact. According to Central Bank data, in June the banks lent 546 billion reais. I spoke bi … not millions. Eight percent of debtors are in arrears more than three months, which configures default. No overdraft, default jumps to almost 12 percent. Seventy-two percent of total debt is due to the seductive credit card. Easy to use and difficult to pay. And worst of all. Among those earning more than ten times the minimum wage, 58.4 percent are in debt. Many with the disease called oniomania.

Primeiro, o fato. Segundo dados do Banco Central, em junho os bancos emprestaram 546 bilhões de reais. Eu falei bi… e não milhões. Oito por cento dos endividados estão em atraso maior do que três meses, o que se configura calote. No cheque especial, a inadimplência pula para quase 12 por cento. Setenta e dois por cento do total da dívida é por conta do sedutor cartão de crédito. Fácil de usar e difícil de pagar. E o pior de tudo. Entre os que  ganham mais de dez salários mínimos , 58,4 por cento estão endividados. Muitos deles com a doença chamada oniomania.

Disease who have compulsive buying all the time, experts say, manifests itself in people who feel repressed by anything, and that neither child thinks having the sweet resolve the matter at the time. The worst is that it gives a sense of relief of symptoms immediately after the purchase, but it all comes back soon after, the first shop window. Actually, it’s the same person that needs to take drugs, drink, play, and in the case, go into debt.

A doença de quem tem compulsão por compra a toda hora, segundo os especialistas, se manifesta em pessoas que se sentem reprimidas por qualquer coisa e, que nem criança, acha que tendo o doce resolve o assunto na hora. O pior é que dá uma sensação de alívio dos sintomas da doença logo depois da compra, mas tudo volta logo em seguida, na primeira vitrine de loja. Na verdade, é a mesma coisa da pessoa que precisa se drogar, beber, jogar, e, no caso, se endividar.

A little more about this disease attacking many people walking around. The person has oniomaníaca the first symptoms around 18 years old. You can only realize when they can, some ten years later. And no use for the medicine from the pharmacy because it does not exist. Have to go to the same psychiatrist, group meetings with the same problem, incidentally, is increasing the number of Debtors Anonymous, on the same path of Alcoholics Anonymous. So that neither the alcoholic must stop drinking, snorting drugs, smokers smoking, oniomaníaco have to stop … buy.

Mais um pouco sobre esta doença que anda atacando muita gente por aí. A pessoa oniomaníaca tem os primeiros sintomas por volta dos 18 anos de idade. Só consegue perceber, quando consegue, uns dez anos depois. E não adianta partir para o remédio da farmácia porque ele não existe. Tem que partir para o psiquiatra mesmo, reuniões de grupo com o mesmo problema, aliás, está aumentando o número de Devedores Anônimos, no mesmo caminho dos Alcoólatras Anônimos.  Então, que nem o alcoólatra tem que parar de beber, o drogado de cheirar, o fumante de fumar, o oniomaníaco tem que parar de … comprar.

 

 So just to close the prose borrowing this week.

Pay attention to the questions that I do now. If yes to more than three, get help.

Beginning.

You do not resists the urge to buy anything you see?

You spent more than planned?

You’re hurting the people around them because of purchases?

You can ‘get rid of any way to buy?

You have noticed that you’re buying things that are not used?

You have assumed debts five times higher than your income?

What’s up?

Then, it’s all right.

Cheers and Axe.

Então, só para fechar a prosa devedora desta semana.

Preste atenção nas perguntas que vou fazer agora. Se for sim a mais de três, procure ajuda.

Começando.

Tu não resistes ao impulso de comprar qualquer coisa que vê?

Tu gastas  mais do que o planejado ?

Tu estás prejudicando as pessoas à sua volta por causa das compras?

Tu não consegues se livrar de jeito nenhum de comprar?

Tu já notastes que estás comprando coisas que não são usadas?

Tu assumistes dívidas cinco vezes acima da tua renda?

E aí?

 Então, tá.

Inté e Axé.

Anúncios