Brazil has half the population of elderly only

The information that will be half the Brazilian elderly, 40 years from now, this goes for the International Day of Older Persons. It’s in the report “Aging in a more Old Brazil”, World Bank. It points out the changes that will happen in the economy as a whole.

* * * * *

A informação de que metade dos brasileiros será de idosos, daqui a 40 anos, vale para este Dia Internacional da Pessoa Idosa. Está no relatório “Envelhecendo em um Brasil mais Velho”, do Banco Mundial. Aponta as mudanças que vão acontecer na economia como um todo.Daqui a 40 anos, serão menores os gastos, por exemplo, com a infância e juventude.
Ou seja. As pessoinhas na idade escolar vão cair de 50 para 29 por cento. E por que? Simples. Porque os jovens de hoje estão tendo uma fecundidade menor. Verdade. O número de crianças até quatro anos de idade caiu, nos últimos dez anos, de 16 para 13 milhões.
Os filhos de hoje estão tendo menos filhos do que nós pais de ontem. E os velhos que nem eu estão vivendo mais. Que nem a minha sogra. Está com 90 anos, mora sozinha, tem a pensão de viúva e um jovem para cuidar dela. Eu. Perto dos 65 anos de idade.

Então me ouça, pessoa:

http://soundcloud.com/mamcasz/brasil-vai-ter-metade-da

Uma taça de vinho tinto francês, quanto mais velho, melhor, se bem conservado.

(Foto na varanda do apartamento da Rue Daguèrre, em Paris.)

* * *

Com a tua licença!

Hoje é o Dia Internacional da Pessoa Idosa.

Então, dê um sorriso para a velha que trabalha ao teu lado.

Velha companheira,cidadã, colega, amiga de jornada.

Até porque o tempo é um ponto de vista, diz Quintana.

“ Velho é quem tem um dia a mais do que eu ”.

Até porque todos nascem velhos, diz Drumond.

“ Em casas mais velhas do que a velhice “.

Até porque a medida é incerta, diz Cora.

“ Não sei se a vida é curta ou longa demais “.

Até porque estamos todos no mesmo barco, diz Vinicius.

“ Que guarda no seu bojo o eterno ruído do mar batendo “.

Até porque não quero amigos adultos nem chatos, diz Pessoa.

“ Quero-os metade infância, e a outra metade, velhice “.

Com a tua licença!

Aceite este meu sorriso.

Deste velho chato, desde criancinha.

Atenção!

Antes que me digas que velho é a mãe, aviso. Tenho 65 anos de idade. Foram citados, pela ordem, meus poetas preferidos, todos mortos:

Mário Quintana, Carlos Drumond de Andrade, Cora Coralina, Vinicius de Moraes e Fernando Pessoa.

Inté e Axé. 

Anúncios