Um a cada quatro brasileiros pratica corrupção

       One in every four Brazilians usually perform any act of bribery or corruption in everyday life. Worse. Most people think, for example, give money to the guard in order to escape the fine is hardly an act of corruption.

        Pesquisa da Vox Populi e Universidade Federal de Minas Gerais confirma que 23% dos brasileiros costuma dar dinheiro para o guarda para escapar da multa e não considera este um ato corrupto. Um a cada quatro brasileiros costuma praticar algum ato de suborno, ou corrupção, no dia a dia. Pior ainda. A maioria acha que, por exemplo, dar um dinheiro para o guarda, a fim de escapar da multa, não chega a ser um ato de corrupção. Pensa que não tem nada a ver com o chamado público. Diz que seria um ato de natureza privada. Na verdade, cá para nós, corrupção não é só as grandes, dos políticos, empresários, e as que acabam no Supremo Tribunal Federal, como está acontecendo agora. Corrupção começa de criança e dentro de casa. É assim que se aprende o certo e o errado.

              Falei em criança, não foi? Pois então. Uma criança, na escola, que na hora da prova cola em cima do colega, está sendo, na verdade, corrupto. Está desviando recursos do conhecimento alheio para proveito próprio. Ou não? Se costuma pegar escondido alguma coisa do colega, pior ainda. Está cometendo o ato de roubar uma coisa que não lhe pertence. Mesmo que o pai ou a mãe digam que não tem nada demais colar na prova. Que é sinal de inteligência, esperteza. Ah… mas eu paguei para o colega para colar dele. Pior ainda. Aí é que é corrupção mesmo. Ou não? Veja bem. Falar mal dos grandes corruptos é fácil. Praticar no dia a dia, é mais difícil. Outro exemplo e me responda direitinho. Se o comerciante prometer um preço menor você abre mão da nota fiscal, que arrecada imposto, que vai, ou deveria ir, para o benefício de todos. Pois então, você abre mão da nota fiscal para proveiro próprio?

Português: Ministro do Supremo Tribunal Federa...

Português: Ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa (Photo credit: Wikipedia)

 

Rapidinho antes de terminar.
 

Teste para ver se a gente é corrupto ou não. Responda ao juiz ao lado:

 

1 – Você já falsificou carteira de estudante para pagar meia?

 

 

 

 

 

2 – Sempre declara certinho o Imposto de Renda?

3 – Em caso de troca, sempre dá na quantia certa, mesmo os centavos?

4 – Já usou TV a Cabo com o fio do vizinho?

5 – Tem gato na sua casa? Gato de luz…

6 – Alguma vez já furou fila?

7 – Ou já comprou produto falsificado porque é mais barato?

  Para me ouvir, clique no link abaixo

http://radioagencianacional.ebc.com.br/materia/2012-11-15/um-cada-quatro-brasileiros-pratica-corrup%C3%A7%C3%A3o#.UKTdEAxYY5Q.facebook

Então, tá

Inté e Axé

 

 

 

Anúncios

Agosto, mês do cachorro louco,

começa com o julgamento,

até que enfim!!!,

do Mensalão, no Supremo.

 São 38, só faltam dois para se juntar ao Santo Ali Babá.

Mas o que esses meninos aloprados fizeram?

Faz tanto tempo que muita gente nem se alembra mais, né, mané?.

Para começo de prosa, isto, segundo o The Economist:

     “The defendants face a range of charges including corruption, conspiracy, embezzlement, money-laundering and misusing public funds. Some admit they helped finance political parties off the books, which is illegal but common in Brazil. Others deny any role in the illicit payments.”

Pergunta-me a minha velha sogra, aqui ao lado:

– Oxe, menino, se fizeram tudo isto tão solto por que, hein?

Pois ide té lá.

Click.

http://www.economist.com/node/21559640