(Foto de uso público – EBC)

*

Nascido nas famosas redes sociais,

não confundir com as compradas ONGs,

muito menos com os Blogs comunitários, leia-se oficiais,

não é que aconteceu a tão antes imprevisível

Marcha contra a Corrupção e a Impunidade?

(Foto de uso público – EBC)

*

Aqui em Brasília, a Esplanada dos Mistérios encheu, 

 da Catedral até a Praça dos Podres Poderes,

 concentrando-se, ao final, no Lago poluído do Congresso Nacional.

 Segundo a Polícia Militar, foram 25 mil pretos (vestidos de…).

(Foto de uso público – EBC)

*

No caso aqui de Brasília,

esta foi a maior resposta conseguida via Facebook,

no movimento começado, é verdade,  pelo “Nas Ruas”, do Rio de Janeiro.

Infelizmente,   o carioca, bem, preferiu ir aos jogos, mesmo que de azar,

 e ouvir os tiros à distância no Complexo Desportivo do Alemão.

Mas a marcha aconteceu bonito em muitas cidades,

tipo Avenida Paulista, Porto Alegre, Curitiba, Belém,

enfim, em todo o território nacional.

A Marcha contra a Corrupção e a Impunidade

 ganhou repercussão internacional,

embora a imprensa tupiniquim,
amestrada pelo dinheiro da Viúva,

 tenha preferido ficar tipo bem neutra,

em especial as cadeias de televisão de porte,

só liberando imagens depois que elas, bom,

de fato aconteceram e não tendo mais como deletar.

(Foto da Folha de São Paulo)

*

A Marcha contra a Corrupção e a Impunidade

 cumpriu o que vinha sendo acertado, durante a semana,

nas redes sociais, ou seja, alguma peça de preto no vestir,

nenhum cartaz de partido

 muito menos de político,

e tudo na maior ordem e paz.

( Foto de uso público – EBC )

*

Teve o pessoal do PSOL que tentou, aqui em Brasília,

inserir cartazes contra o PT,

 mas foi convencido a desistir, na boa.

 Nenhum politico ou partido foi aceito a abraçar a causa.

Exceção aberta apenas para OAB, CNBB e ABI.

 Advogados, bispos  e imprensa.

(Foto do Estadão, em Porto Alegre)

*

A grande pergunta agora, e corre
nas redes sociais, a partir do relativo sucesso, é verdade, ainda que as “Diretas
Já” começaram com duas mil pessoas, em Pernambuco, e acabaram com dois milhões,
é sobre os próximos passos:

( Foto do Correio Braziliense )

*

– Garantir as “Mãos Limpas”,
projeto popular ameaçado de extinção?

– Acabar com o voto secreto na hora da cassação?

– Voto nulo?

– Impeachment?

– Proibir doação de empresas para partidos políticos?

E assim, La Nave vai.

Pra donde?

Depende.

Fica a pergunta que não pode morrer.

– Nesta hora de briga para acabar com a corrupção que sangra o Brazil,

 cadê os tão organizados gays, margaridas,

CUT, MST, MLST, GLST,
os sem-teto, sem-terra, sem eira e nem beira?


                 Entre os políticos aquinhoados pelos votos (nem todos aceitos ainda) nestas Eleições 2010, existe gente que se declara em 46 profissões diferentes, desde palhaço até a função em si para a qual é preciso ser eleito (nem sempre com maior número de votos) e ter Ficha Limpa (depende…).
                 Pois não é que nestas eleições 268 elementos suspeitos declararam ter “deputado” como profissão, 11 que seriam “vereadores” e três “senadores”? Nas eleições de 2006, os “políticos que se diziam profissionais” eram 219.
                  Quanto ao único palhaço assumido, o Tiririca, votado com maior número de palhaços de todo o Brasil, agora um juiz deu a ele dez dias de prazo para que … bom … aprenda a ler e a escrever o suficiente para provar que a declaração entregue foi … bom … escrita por ele.
                Já pensaste se o exame passa a ser geral?
                E se valer também para os “analfabetos funcionais”?
                ATENÇÃO. ATENÇÃO. ATENÇÃO.
               Analfabeto funcional não é o mesmo que funcionário analfabeto.
              Mas se, por acaso, companheiro, tu pensas que analfabeto funcional é a mesma coisa que funcionário analfabeto, então tu tens mais é que também fazer a prova do analfabeto (capacitação não vale).
              Ditado:

              A funssão do funsionareo é cervir o pôblico, tô serto manu?


              (Sem comentários para não encherem mais ainda o meu saco).

             Ah, palhaç@.

             Tu sabes quanto custa cada deputado?

http://super.abril.com.br/cultura/quanto-custa-deputado-601265.shtml


This  sunday, here in Brazil, we have the elections called so democracy.
22,555 candidates compete for the votes of 153 million voters.
But,  because of the democratic principle, by an inmate, in fact, could vote, and can either say, or even be voted on.
It is the supreme law of the people, for the people and back to the people, don’it?
All law emanates from the people ….
But what happens in fact, we have, here in Brazil, 1,248 candidates  prohibited by the Supreme Electoral Tribunal to be candidates.
But  they still …
They will are, perhaps, 15 governors, 29 senators, 336 congressmen, 769 state representatives and 28 district representatives (only in the island country’s capital).
Their votes are counted but not accepted as the eleventh chief judge is not appointed by the Chief of the Armed Forces General Staff of Brazil,  or,  the president who is leaving the popular power.
So?
Where is the sovereign  of the people? 

Translate and listen above, ou abaixo, sei lá gringo: 

 

Neste domingo, aqui no Brasil, tem eleições da dita democracia. 

22.555 candidatos disputam os votos de 153 milhões de votantes. 

Só tem uns adendos nada democráticos. 

Digo isso porque, pelo princípio democrático, até um preso, de fato, poderia votar, e pode, quer dizer, ou mesmo ser votado. 

É a lei suprema do povo, para o povo e volta pro povo, né Mané? 

Toda lei emana do povo…. 

Mas acontece que, acima do povo, tem 1.248 candidatos que estão proibidos pelo Tribunal Superior Eleitoral de serem candidatos. 

Mas continuam… 

São 15 talvez governadores, 29 senadores, 336 deputados federais, 769 deputados estaduais e 28 deputados distritais (só na ilha, capital do país). 

Os votos deles serão contados mas não aceitos enquanto o décimo-primeiro juiz supremo não for nomeado pelo chefe-maior das Forças Armadas, ou seja, o presidente que está de saída. 

E aí? 

Cadê a vontade soberana do povo? 

*       

Zé Ramalho says:       

Esta é uma canção do povo marcado, do povo feliz.       

Admirável  gado-povo          

É o nosso Brasil!!!       

*       

        

Vocês que fazem parte dessa massa
Que passa nos projetos do futuro
É duro tanto ter que caminhar
E dar muito mais do que receber…
       

E ter que demonstrar sua coragem
À margem do que possa parecer
E ver que toda essa engrenagem
Já sente a ferrugem lhe comer…
       

Êeeeeh! Oh! Oh!
Vida de gado
Povo marcado
Êh!
Povo feliz!…
       

Lá fora faz um tempo confortável
A vigilância cuida do normal
Os automóveis ouvem a notícia
Os homens a publicam no jornal…
       

E correm através da madrugada
A única velhice que chegou
Demoram-se na beira da estrada
E passam a contar o que sobrou…
       

Êeeeeh! Oh! Oh!
Vida de gado
Povo marcado
Êh!
Povo feliz!…
       


O povo foge da ignorância
Apesar de viver tão perto dela
E sonham com melhores tempos idos
Contemplam essa vida numa cela…
       

Esperam nova possibilidade
De verem esse mundo se acabar
A Arca de Noé, o dirigível
Não voam nem se pode flutuar
Não voam nem se pode flutuar
Não voam nem se pode flutuar…
       

Êeeeeh! Oh! Oh!
Vida de gado
Povo marcado
Êh!
Povo feliz!…
       

Ooooooooooooooooh! ”       

Para ver-ouvir-sentir-pensar-colar,  clique abaixo:       

http://letras.terra.com.br/ze-ramalho/49361/